Inep 80 Anos 13 de Janeiro de 2017

Lançamentos e reformulação na estrutura marcam aniversário de 80 anos do Inep

Solenidade Inep 80 Anos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) deu início às comemorações pelos seus 80 anos de fundação com uma solenidade na manhã desta sexta-feira, 13, na sua sede, em Brasília (DF). Na ocasião, foram anunciados o Prêmio Inep de Jornalismo: Avaliações e Estatísticas Educacionais, a estreia do novo portal do instituto na internet e uma reestruturação regimental da autarquia. Também foram lançados um selo personalizado e um carimbo comemorativo dos Correios, e a primeira bandeira oficial do Inep.

Ainda na área externa da sede, a presidente Maria Inês Fini assinou a portaria que instituiu a primeira bandeira oficial do instituto, hasteada, ao lado das bandeiras do Brasil e do Distrito Federal, ao som do Hino Nacional, executado pela banda do Primeiro Regimento de Cavalaria de Guardas – Fanfarra dos Dragões da Independência. A solenidade continuou no auditório do órgão. A mesa solene foi formada pela presidente Maria Inês Fini; o Ministro da Educação, Mendonça Filho; a Ministra da Secretaria de Governo da Presidência da República, Ivani dos Santos; a secretária-executiva do MEC, Maria Helena Guimaraes de Castro; o deputado federal José Francisco Paes Landim; o vice-presidente dos Correios, José Furian Filho; o diretor no Brasil do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Didier Trebucq, e pela diretora da Organização dos Estados Iberoamericanos (OEI) no Brasil, Adriana Weska.

Em seu discurso, a presidente Maria Inês Fini traçou uma trajetória histórica do Inep e agradeceu, em especial, o trabalho dos servidores e colaboradores da casa. “É essa dedicação que permite estarmos onde estamos”, afirmou a presidente. Ela lembrou ainda a contribuição dos pioneiros da educação que, à época da fundação do Inep, já defendiam o uso de métodos científicos contra o empirismo grosseiro que até então era usado para a compreensão da educação brasileira.

Homenagens - Os Correios fizeram um lançamento filatélico, em homenagem aos 80 anos do Inep, com um selo personalizado e um carimbo comemorativo, que passam a ser usados em correspondências, além de se tornarem peças colecionáveis. O diretor de Estatísticas Educacionais, Carlos Eduardo Moreno Sampaio, representando os diretores do Inep, fez a homenagem Anísio Teixeira, um dos primeiros diretores do Inep. Carlos Antônio Teixeira, filho do educador, recebeu um troféu.

Se Maria Inês traçou a trajetória inicial do Inep, Maria Helena Guimarães de Castro, em nome dos ex-presidentes da Instituição, contou a história da reconstrução do Instituto, em 1997, quando este se tornou uma autarquia federal. E o Ministro Mendonça Filho anunciou a publicação do decreto, no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, que aprovou a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e das Funções Gratificadas do Inep.

Mendonça Filho enalteceu, por fim, a importância do Inep para o MEC e para a educação brasileira. “Revelo minha admiração pessoal por essa equipe tão bem liderada por Maria Inês Fini. Fiquei feliz ao presenciar momentos desafiadores, na realização do Enem 2016, com desfechos positivos alcançados por causa da imensa dedicação dos servidores e colaboradores do Inep”. Um concerto da Orquestra de Câmara da Academia Brasiliana encerrou a solenidade, seguida de um coffee-brunch e da exibição de uma Mostra Histórica.

A solenidade desta sexta-feira foi a primeira de uma série de ações que serão realizadas até 30 de julho de 2018. Concebido para divulgar, recordar e pensar as oito décadas de atuação do Inep, o Projeto Inep 80 anos agrega cinco eixos  de atuação que aproveitam as comemorações para a geração e conservação da memória coletiva do Inep por meio de cinco eixos: Eventos Comemorativos, Publicações, Exposições, Encontros de Memória  e Canal de Participação Social.

Clique aqui para ver a cobertura fotográfica do MEC