Pisa 13 de Junho de 2019

Inep participa do lançamento do Pisa para Escolas no Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) esteve presente na Conferência Internacional de Lançamento do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) para Escolas no Brasil, realizada nesta quinta-feira, 13 de junho, no Rio de Janeiro (RJ). A autarquia, que foi representada pelo diretor substituto de Avaliação da Educação Básica, Camilo Mussi, é responsável pela condução do Pisa no país.

Em seu debate no painel “O Pisa Global e o Pisa para Escolas: conceituação e importância para a avaliação e melhoria de desempenho das escolas”, o diretor do Inep destacou os esforços empregados para a melhoria das escolas. "O Ministério da Educação e o Inep apoiam a iniciativa de trazer às escolas a oportunidade de verificar, por meio de testes computadorizados e padronizados internacionalmente, as proficiências dos seus alunos, permitindo o compartilhamento das melhores práticas existentes nas escolas brasileiras”, afirmou.

A conferência foi realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), juntamente com a Fundação Cesgranrio, e contou com a participação do diretor de Educação e Competências da OCDE e do Pisa, Andreas Schleicher; especialistas da organização; representantes dos governos federal, estadual e municipal; dirigentes de instituições de ensino públicas e particulares; profissionais de avaliação educacional; professores e estudantes.

A finalidade da conferência é divulgar o escopo e os objetivos do Pisa para Escolas (Pisa-S) e a sua importância no cenário educacional junto às equipes gestoras da educação em seus diferentes níveis, instituições educacionais, organismos ligados à avaliação, gestores, professores, especialistas e técnicos.

Pisa para Escolas – O Pisa-S é uma avaliação voluntária, que apoia os esforços de melhoria da escola participante com base nas matrizes e escalas do programa. A iniciativa foi pensada para oferecer às escolas participantes informações e análises sobre as competências e habilidades dos estudantes de 15 anos. Para isso, o Pisa-S aplica questionários que coletam dados socioeconômicos e informações sobre o ambiente de aprendizagem, o engajamento dos alunos, seus interesses e atitudes em leitura, matemática e ciências.

Saiba mais sobre o Pisa