Inep 24 de Abril de 2018

Inep é homenageado pela OAB em seminário sobre desafios para a formação educacional dos surdos no Brasil

A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, foi homenageada pela Comissão de Educação da Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal (OAB/DF) nesta terça-feira, 24 de abril, durante o seminário Desafios para a Formação Educacional dos Surdos no Brasil. O evento tem o mesmo tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, um dos motivos da homenagem. Também foi considerado o investimento do Inep na promoção da acessibilidade de surdos e deficientes auditivos em seus exames e avaliações.

“Sinto-me gratificada pela repercussão do tema da redação de 2017, principalmente por ter reforçado a luta por uma causa tão nobre e tirado do anonimato milhares de surdos, cuja educação merecia uma reflexão dos jovens que participam do Enem”, afirmou Maria Inês Fini ao receber a homenagem. O Inep trabalha para ampliar a acessibilidade de surdos e deficientes auditivos no Enem, em 2018, e também em futuras edições do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), outras iniciativas que contam com atendimento especializado para essa população.

Avanços – O tema da redação do Enem 2017 legitimou uma série de ações que o Inep estreou na última edição do Exame. A Política de Acessibilidade foi recorçada com a oferta inédita da Videoprova Traduzida em Língua Brasileira de Sinais (Libras), escolhida como recurso por 1.635 participantes, que tiveram duas horas a mais de prova. O Enem 2017 teve 1.925 solicitações de atendimento especializado para surdos; e 4.390 para deficientes auditivos.

Além da videoprova, que exigiu a montagem de um estúdio de gravações dentro do Ambiente Físico Integrado Seguro do Inep, esse público teve, pela primeira vez, uma série de conteúdos exclusivos. O Inep preparou, em Libras, campanha em suas redes sociais, uma versão da Cartilha do Participante – Redação no Enem 2017, e uma Playlist em seu Canal do Youtube. Os vídeos em Libras abordavam instruções gerais para as provas, assim como é feito para os participantes ouvintes; instruções sobre a videoprova e sobre os horários de aplicação. Quem fez a Videoprova também teve a oportunidade de responder um questionário de avaliação da Videoprova, em Libras.